Siga o Portal do Holanda

Wilson Lima deixa Amazonas à deriva

Publicado

em

Aproximando-se dos 100 dias de governo,  Wilson Lima continua sem saber como tirar a canoa do funil do redemoinho. O trio que ele formou para governar está se desfazendo no rodopio das águas de abril.

Sem comando político o Estado encolhe, enquanto  o governador não consegue preencher sequer um cargo dos mais disputados: a liderança na Assembleia Legislativa do Amazonas. Sem firmeza nas mãos, Wilson jogou a batata quente para o vice esfriar.

Uma mostra de que não aprendeu a governar. Ou não quer governar. Abdica de sua prerrogativa.  Até a mídia oficial fica  sem saber o que dizer.

Wilson vai completar cem dias no cargo: sem  um programa de governo.

Sem rumo definido nem direção; sem noção do que fazer e sem ação para fazer; sem propósito nem metas; sem capacidade de reagir às demandas da população; sem articulação política para encaminhar propostas.

Os cem dias vão chegar e a mídia trabalha para mostrar o que não existe.

O governo de Wilson Lima é uma canoa sem quilha, com um remador ruim à proa. O redemoinho afunila em volta e ele pode afundar antes que as águas serenem.

 INFERNO DE CASTRO

O secretário Luiz Castro está numa sinuca de bico. Perdeu os superpoderes que achava possuir na tribuna política e não sabe consertar as goteiras em seu telhado de vidro. Nos bastidores comenta-se que ele procura uma saída honrosa.

 

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.