Bastidores da Política - A vida é o que importa, governador!


A vida é o que importa, governador!

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

20/12/2020 18h18 — em Bastidores da Política

O governo do Amazonas aumentou a oferta de leitos diante do crescimento de casos de coronavirus em Manaus, com nove mortes registradas nas últimas 24 horas. Na prática, o mais do mesmo. Não há uma ação sequer para avaliar se essa nova onda é consequência de uma variante da Covid 19  e qual seu  potencial de transmissão. As medidas  de prevenção, que parecem mais eficazes, estão sendo aos poucos abandonadas. Nos shoppings  de Manaus já  se vê pessoas sem máscaras.

Nem mesmo a possibilidade real de a vacina chegar motivou o governo do Amazonas a montar brigadas de jovens voluntários para treinar sua aplicação,  o que  permitiria  que mais pessoas fossem imunizadas em prazo menor, liberando o pessoal de saúde para atividades essenciais, que praticamente foram paralisadas com a nova onda de coronavírus.

Quer dizer, faz-se muito pouco ou quase nada.  Entre leitos criados apenas para reforçar o marketing politico que a Covid infelizmente proporciona, sem  oferecer alternativas de tratamento, e o crescente movimento nas funerárias de Manaus, há  pouca diferença neste momento em que a vida é o que importa.