Bastidores da Política - Troca de delegados que investigavam crime atribuído ao dono do supermercado Vitória é um erro


Troca de delegados que investigavam crime atribuído ao dono do supermercado Vitória é um erro

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

22/10/2021 20h38 — em Bastidores da Política

A substituição dos delegados que comandavam as investigações do caso conhecido como “O Crime do Vitória”, em alusão a uma rede de supermercados cujo proprietário, Joabson Agostinho Gomes, seria o principal suspeito do assassinato do sargento Lucas Guimarães,  ocorre em um momento delicado, no qual as apurações avançavam.

Se  o rodízio no comando das delegacias em Manaus  faz parte de uma  estratégia que visa impedir vícios  e manter a atividade policial  distante do assédio das partes, é natural que exceções se abram em situações como esta. O que não pode ficar é a suspeita de que, de alguma forma,  pretendeu-se frear as investigações ou retardar a conclusão do inquérito policial.

Cinquenta e dois dias depois do assassinato do Sargento Lucas muita coisa evoluiu nas investigações. Fora a prisão do casal suspeito, inclusive da mulher do empresário (suposto mandante do crime) que mantinha uma relação extraconjugal com a vítima,  mensagens de celular que, se não são  provas de que o assassinato foi encomendado, premeditado e executado, formam uma verdade difícil de ser desconstruída.

Há provas da relação extraconjugal, das ameaças de morte que a vitima sofria, do espancamento da mulher pelo empresário e um caminho aberto por evidências que  só não  resultaram no fechamento do inquérito policial porque  Jordana, a amante arrependida, se aliou ao marido e, como  ele, negou durante depoimento   qualquer participação no crime. No mínimo, foi cúmplice.   

Chegar ao pistoleiro era uma tarefa já iniciada pela equipe agora substituída.  Chegar ao matador,  o xeque-mate da investigação e o fechamento do inquérito policial. Com o pistoleiro está a verdade sobre os intermediários,  quem mandou matar e o valor cobrado pela execução.

A substituição dos delegados que comandavam as investigações  retarda essa busca da verdade e deixa no ar a estranha sensação de que há pessoas interessadas em ver esse caso esquecido. Não permitiremos que isso aconteça.

VEJA TAMBÉM

Caso Lucas Ramon: Donos do Vitória têm prisão prorrogada em Manaus

Após devolver dinheiro ao dono do Vitória, sargento dispensou segurança particular

Prints de conversas entre dona do Vitória e sargento revelam detalhes de traição e crimes

Irmão diz que sargento rompeu com dona do Vitória antes de empresário descobrir traição

Esposa do sargento Lucas recebia ligações anônimas denunciando caso com dona do Vitória

Mensagens entre dona do Vitória e sargento entregaram traição e ameaça

Defesa dos donos do Vitória nega fuga do casal e diz que prisões foram ilegais

Vídeo mostra donos do Vitória deixando o IML em Manaus; mulher vai no camburão

Polícia dá detalhes de como dono do Vitória descobriu caso da esposa com sargento

Donos do supermercado Vitória vão passar a noite em celas separadas em delegacia de Manaus

Casal dono do supermercado Vitória se entrega em delegacia em Manaus

Sargento contratou segurança particular em Manaus após ameaças do dono do Vitória

Saiba como começou o caso entre dona do Vitória e o genro do dono do Hospital Santa Júlia

Sargento foi executado por ser amante da mulher do dono do supermercado Vitória

Donos do Supermercado Vitória estão foragidos após envolvimento na morte de sargento em Manaus

Esposa de dono do Vitória desviava dinheiro de supermercados para ao amante, diz polícia

Polícia encontra arma roubada durante buscas no supermercado Vitória, em Manaus

Vídeo mostra assassinato de genro do dono do Hospital Santa Júlia; veja 

Morte de genro do dono do Santa Júlia tem mais de uma linha de investigação, diz PC

Familiares e amigos se despedem de empresário; genro do dono do Hospital Santa Júlia

Veja tudo o que se sabe sobre a morte do genro do dono do Hospital Santa Júlia

Câmeras vão ajudar a identificar assassino de genro do dono do Hospital Santa Júlia

Genro de dono do Hospital Santa Júlia é morto com tiros na cabeça; ele era Sargento do Exército

Criminoso se passou por cliente para matar genro de dono do Hospital Santa Júlia

Genro de dono do Santa Júlia abriu Café há 2 meses; nome do local homenageia sogra

Herdeira do Hospital Santa Júlia, mulher de empresário morto em café está grávida de 3 meses

Morto a tiros na Praça 14 era genro de dono do Hospital Santa Júlia

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Tem formação superior em Gestão Pública. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.