Siga o Portal do Holanda

Testemunha complica situação de David em caso de improbidade

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Amazonas está concluindo o inquérito civil aberto em março e que apura possível ato de improbidade administrativa ocorrida no governo  interino de David Almeida.  Os alvos da investigação são o ex-secretário da Susam - Secretaria de Saúde, Evandro Rodrigues Alves, a ex-secretária executiva do Fundo Estadual de Saúde, Maria Belem Cavalcante e os sócios proprietários do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento - Imed.

Uma das testemunhas, Maria de Nazaré Lima Menezes, que acusou o governo David Almeida de superfaturar o contrato para cirurgias eletivas, foi ouvida semana passada. Ela entregou ao promotor Ronaldo Andrade documentos que comprovariam que as cirurgias não foram feitas na sua totalidade e que houve sobrepreço de até mil por cento no valor contratado com o Imed. 

Outro implicado no“negócio”é Daniel Almeida, irmão de David Almeida, que após as denúncias de Maria de Nazaré Lima Menezes tentou intimidá-la. Um vídeo publicado à época pelo Portal do Holanda mostra o diálogo travado entre o irmão do então governador e Maria.

 

É possível que  pedidos de prisão, busca  e apreensão sejam solicitados à justiça diante de evidências encontradas, 

Para que o leitor recorde como o fato veio a púbico, republicamos acima o  diálogo travado entre o irmão do  então governador e Maria de Nazaré Lima Menezes, que deu origem a investigação do MP.

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.