Bastidores da Política - O ‘doente zero um’ e a evolução sem controle da Covid no Amazonas


O ‘doente zero um’ e a evolução sem controle da Covid no Amazonas

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

03/01/2021 19h59 — em Bastidores da Política

  • O tão temido lockdown será aplicado. E as restrições serão ainda mais drásticas do que as determinadas pela Justiça. Mas por que ? Porque o sistema de saúde entrou definitivamente em colapso e manter a situação atual é permitir um casual e progressivo extermínio de milhares de pessoas no Estado.

Quando o governo é incompetente ele empurra para o cidadão o ônus do seu fracasso.  É o caso do alerta de que a pandemia não vai cessar enquanto cada um não fizer a sua parte. E olha que há razão nessa assertiva, mas a coisa ficou a descoberto porque o mesmo governo que culpa a população pela evolução da doença no Amazonas  faltou com o dever de fiscalizar portos e aeroportos, controlar viagens, impedir o acesso de cidadãos vindos de outros estados ou países sem antes passarem por um  teste de Covid.

O doente “zero um” sabe-se que veio:  de São Paulo - mas esse é um caso para a história relatar.

O fato é que o tão temido lockdown será aplicado. E as restrições serão ainda mais drásticas do que as determinadas pela Justiça. Mas por que ? Porque o sistema de saúde entrou definitivamente em colapso, há mais doentes do  que leitos, poucos médicos para atender a demanda e uma fila de centenas de cidadãos com diarreia, febre, cortes, acidentes de carro, facadas, tiros, problemas cardíacos, renais crônicos sem ser  atendidos.  Quer dizer, mais gente sofrendo e morrendo.

A pandemia está matando, mas também está expondo as entranhas de um governo que apodreceu cedo demais.