Bastidores da Política - Mortes por Covid 19 crescem no Amazonas, mas só quando a FVS abre o armário


Mortes por Covid 19 crescem no Amazonas, mas só quando a FVS abre o armário

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

10/04/2021 20h32 — em Bastidores da Política

  • Neste sábado, o número de mortes por Covid no Amazonas foi de 19, sendo que 15 saíram do armário, já entupido e que não comportava mais manipulações.

A Fundação de Vigilância em Saúde tem um método moldado em um viciado tecnicismo para explicar as mortes represadas em razão da Covid 19 no Amazonas. Chama-se OECICEL, ou “Óbitos Encerrados por Critérios  de Imagem, Clínico-Epidemiológico ou Laboratorial. A FVS se pauta em detalhes e em recursos técnicos aparentemente falhos. Nota-se  uma vontade de vincular meias  verdades à realidade científica nas suas explicações pouco convincentes. Mas falta os dois pilares fundamentais para sustentar o tal "Critério de Imagem, Clínico-Epidemiológico ou Laboratorial": ciência sem "ruídos" e desapego a interesses outros que não seja a verdade cientifica.

O problema da FVS foi deixar se contaminar pela desejo governamental de abrir a economia sob o argumento, tanto perigoso quanto falso, de um retraimento dos casos de Covid 19 no Estado. Há menos mortes, é verdade, mas não menos avanço da pandemia, nem menos riscos.

Não deixa de ser uma forma de sonegar informação, passada a conta-gotas. Neste sábado, por exemplo, o número de mortes por Covid no Estado foi de 19, sendo que 15 saíram do armário, já entupido e que não comportava mais manipulações.

No mesmo boletim a Fundação de Vigilância em Saúde anuncia que passou de 38 mil para 39.338 os casos com diagnóstico de Covid 19 que estão sendo acompanhados pela secretaria de Saúde. O mesmo boletim diz que esse número corresponde a 10,99% dos casos ativos confirmados. Primeiro, não existe o acompanhamento alardeado pelas autoridades.

Segundo  - e aqui está a questão mais relevante: Se os números acima representam, como diz o boletim oficial da FVS no Amazonas, 10,99 por cento dos casos ativos, onde estão os outros 89,01%?   Ou há erro no boletim oficial, ou o Amazonas já vivencia a terceira onda de Covid 19, aparentemente sem controle.

NOTÍCIA RUIM

Estudo realizado pelo Departamento  Saúde Global e População da Universidade  de Harvard, nos EUA, aponta uma queda na expectativa de vida dos amazonenses em 3 anos, em razão da Covid 19 . Abaixo o estudo na íntegra, em inglês, mas quem  quiser lê-lo em Português pode recorrer ao GoogleTradutor.

Clique para baixar arquivo

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.