Bastidores da Política - Manaus quer a verdade sobre 'negócios' do governador com câmeras frigoríficas para armazenar corpos


Manaus quer a verdade sobre 'negócios' do governador com câmeras frigoríficas para armazenar corpos

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

24/05/2021 19h47 — em Bastidores da Política

Ah, então há outros crimes, permeados de perversidade cometidos pelo governador Wilson Lima! Foi a expressão mais usada depois que  a Folha de São Paulo publicou, na última semana, uma entrevista com o ex-secretário executivo de Saúde do Amazonas, João Paulo, onde ele acusa o governador de, deliberadamente, deixar a pandemia se agravar para fazer negócios com câmeras frigorificas destinadas a armazenar corpos. Uma história de horror,  onde poder, ganância, corrupção e morte se misturam.

Na prática, a revelação externava o que todos já suspeitavam: Wilson gerenciou o morticínio, apostou no vírus e o resultado foi uma verdadeira carnificina.

A repercussão da entrevista abalou o já corroído  alicerce do governo do Amazonas.  E veio a reação. Primeiro, do governador, que naturalmente desmentiu o ex-secretário. Depois, do próprio João Paulo, que procurou o jornal para dizer que mentiu.

Mas o estrago estava feito.

A verdade de ontem é só detalhe. A mentira de hoje é que prevalece, pela agilidade com que pequenos e médios delinquentes  desqualificam investigações e desconstroem testemunhas de seus crimes.

JP, que tinha uma história e que lutava para manter uma biografia ainda em construção, mas ameaçada pelas denúncias de que participou da organização criminosa que superfaturou a compra de respiradores, não resistiu às pressões e renunciou a si mesmo, optando por descer ao fundo do poço ao se autointitular "mentiroso".

O que dirão seus filhos, mulher? amigos? Quem acreditará nele? Quem o acolherá lá na frente quando todo o peso da justiça devorar sua liberdade? Quando perceber que perdeu o respeito dos que ainda acreditavam nele ?

Mentiu ou falou a verdade? Pelo seu nervosismo ao procurar o jornal, pelas lágrimas que derramou, é possível que tenha sofrido a mais sórdida pressão para dar a versão que também o punia por tamanha audácia: denunciar o governador. É possível que tenha mentido. Mas por que mentiria?

Está convocado a depor na CPI da Covid. Pode sair de lá preso. Nem Pazuello assumiu que mentiu em seu depoimento, embora repetidamente chamado de mentiroso pelos senadores. JP vai chegar a CPI já como mentiroso. Manterá a segunda versão dada à Folha? É possível que não, ou que sim….Afinal, acostumamo-nos com mentiras e verdades se fundindo a toda hora...

Mas nada do que foi dito, como verdade primeira, pode levar o Ministério Público a se abster de investigar. Deve investigar. Há um forte cheiro de carne podre por ai....

 

Ex que acusou Wilson de faturar com negócios na Covid diz que mentiu 

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.