Bastidores da Política - As contaminações por Covid no Amazonas em escala assustadora


As contaminações por Covid no Amazonas em escala assustadora

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

11/01/2022 19h48 — em Bastidores da Política

Não foi falta de aviso. A pandemia voltou e a ameaça de colapsar a rede hospitalar de Manaus é grande. Os casos de Covid cresceram de tal maneira nas últimas 24 horas que fizeram as autoridades rever protocolos, convocar médicos e agentes de saúde, além de reaparelhar UTIS.

Por enquanto sabe-se pouco sobre essa nova variante - a ômicron. Seria mais branda,  o que não significa  que as hospitalizações estejam descartadas, ou que não haja evidência de que possa dar origem a novas variantes, mais agressivas e mortais.

Evidências existem  - o clima quente e úmido da região contribui para a proliferação de vírus.

É só lembrar que a P1, surgida em Manaus em novembro de 2020 e que explodiu as internações e mortes em abril de 2021  possuía 17 variantes e um carga viral espantosa. O resultado todos conhecem.

Por enquanto,  há vacinas que podem atuar como bloqueio de infecções sérias no organismo humano.  E Deus, a quem se pode recorrer…

Veja também:

Alerta: Amazonas registra 1.219 casos de covid nas últimas 24h

Amazonas não registrava mais de mil casos de covid desde abril de 2021

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Tem formação superior em Gestão Pública. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.