Siga o Portal do Holanda

Brasil

Caso Marielle: Grupo de matadores de aluguel formado por policiais é investigado

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

RIO — No rastro da apuração do assassinato da vereadora Marielle Franco, a polícia descobriu a existência de um grupo de elite de matadores no Rio. Formado por policiais e ex-policiais, entre eles um major da ativa e um ex-oficial do Bope, o grupo é altamente especializado em execuções por encomenda, sem deixar pistas.

A participação desse grupo, conhecido como Escritório do Crime, é uma das hipóteses levantadas pela polícia para explicar o grau de complexidade na apuração do assassinato, que completou cinco meses sem solução.

Gente armada causa pânico em boate de Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.