'Sou plural', Regina Duarte lamenta críticas recebidas após homenagem a Caetano Veloso

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

22/09/2021 10h06 — em Arte e Cultura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Regina Duarte, 74, publicou um desabafo em suas redes sociais após fazer uma homenagem ao cantor Caetano Veloso, 79. Na manhã desta quarta-feira (22), Duarte fez uma publicação com a legenda #CaetanoForever (Caetano para sempre, em português) e pouco tempo depois teve que apagá-la.

Em seguida, ela compartilhou um vídeo de Caetano e, na legenda da publicação, lamentou as críticas que recebeu. "Apaguei o post anterior. Óbvio! Me deu um nervoso taquicárdico tão grande diante da reação da maioria de vocês! Aí, mais calma, decido voltar!", começou.

"Caetano forever, sim! Porque sou plural! Porque não costumo misturar alhos com bugalhos! E, porque Democracia é isso! Abaixo o fascismo de exigir que todo mundo pense igual! Não é real! Cada um tem todo o direito de ser como quiser!", continuou.

Em seguida a artista pediu calma e desejou "meus cumprimentos a todos: os favoráveis e os contra (ah... essa polarização de m.!). Voltei porque quero ser respeitada na minha admiração por este grande artista brasileiro", pontuou.

"Respeito também vocês que não conseguem mais enxergar valores artísticos em quem pensa diferente politicamente. Polarização de m.! Já sofri muito com isso", desabafou a artista que já foi secretária especial de Cultura, tendo deixado o cargo em 2020.

"Já que não tem outro jeito, insisto ainda, não vamos esquecer: democracia é a arte de conviver com a liberdade total de expressão. Está claro? Querem vomitar? Ok! Vomitem à vontade! Eu continuo aplaudindo e me nutrindo da arte de Caetano. Pronto! Falei!", concluiu o texto.

Os internautas e seguidores da atriz criticaram a ação devido às opiniões opostas do cantor. Caetano já se posicionou contra o governo do atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), tendo criticado o político em seu novo single "Anjos Tronchos".

Recentemente, Duarte esteve na pré-estreia do documentário "Nem Tudo se Desfaz", que mostra a ascensão de Jair Bolsonaro à presidência, na segunda (20), em São Paulo. "Vi o trailer [do filme] e achei fascinante. É importante conhecer a nossa história. Respeito e dou a maior força para quem está voltado para contar um pouco da história que está acontecendo", disse a atriz.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Arte e Cultura