Compartilhe este texto

Julgamento Johnny Depp x Amber Heard: Ator chega sorrindo à corte e cumprimenta fãs

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

27/05/2022 12h07 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Johnny Depp, 58, chegou à corte sorridente e cumprimentou fãs antes de seguir para o último dia do julgamento com sua ex-mulher, Amber Heard, 36. A audiência começou por volta das 9h50 da manhã e deve apresentar as considerações finais do processo que dura há 47 dias.

O julgamento se concentra em uma ação que o ator moveu contra Heard, que escreveu um editorial para o jornal Washington Post em 2018, dizendo que ela havia se tornado uma "figura pública que representa abuso doméstico".

Depp iniciou o julgamento em março de 2019, e afirmou que as acusações de Heard eram um "farsa elaborada" para aumentar sua personalidade pública. Todos os processos foram televisionados pela TV americana, desde o dia 11 de abril.

Em mais de seis semanas de julgamento, as defesas dos dois atores expuseram acusações dos dois lados em um tribunal de Virgínia, nos Estados Unidos. No tribunal, Depp disse que uma briga com a ex-mulher o deixou com a ponta do dedo decepada, durante uma viagem à Austrália para filmar "Piratas do Caribe", em 2015.

Segundo ele, ela atirou duas garrafas de vodka em sua direção e uma delas causou o ferimento. "Eu estava olhando para meus ossos saindo", disse Depp, que mostrou fotos do dedo decepado para o júri. Heard negou a agressão.

Em outro depoimento, Depp relatou que sua ex-mulher ou uma amiga dela defecou em sua cama, o que levou o ator a pedir o divórcio. "Eu pensei que era um fim bizarro e estranhamente apropriado para o relacionamento", disse o ator. Heard assumiu a responsabilidade e disse que o cocô foi uma brincadeira.

Em outra ocasião, Depp não conseguiu parar de rir no tribunal com a resposta de seu guarda-costas, Malcolm Connolly, a pergunta feita pelo advogado de Heard sobre ele ter visto o ator urinando no saguão da casa que o casal havia alugado na Austrália, também em 2015.

A defesa de Depp acusou ainda Heard de falsificar fotos para fazer a Justiça acreditar que ela tenha sido agredida. Para comprovar a acusação, a advogada Camille Vasquez, contratou um especialista em metadados que apresentou laudo indicado que Heard havia aumentado a saturação das imagens.

Um dos relatos mais chocantes de Heard foi o que descreve Depp fazendo uma revista íntima nela pensando que ela havia escondido a cocaína dele. Segundo ela, o ator teria rasgado seu vestido e a lingerie e usado os dedos para procurar a droga. "Eu apenas fiquei lá, parada", disse a atriz chorando.

A atriz relatou ainda inúmeras alegações de violência física e sexual por parte do protagonista de "Piratas do Caribe". Entre as acusações estão ter sido "enforcada" com uma camisa pelo ex-marido na lua de mel e agredida em um avião após Depp acusá-la de ter um caso com o ator James Franco, 44.

Outra acusação marcante feita por Heard foi a de que o ex-marido a violentou usando uma garrafa de bebida, segundo o site Hollywood Reporter. Heard descreveu que o ex-marido a prendeu contra a parede, arrancou sua camisola e começou o abuso."Nunca tive tanto medo na minha vida. Eu não conseguia respirar."



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura