Compartilhe este texto

Jerry Seinfeld é hostilizado por manifestante pró-Gaza em stand-up

Por Folha de São Paulo

19/05/2024 12h48 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O comediante Jerry Seinfeld teve seu show de stand-up interrompido na noite deste sábado por um manifestante que gritou "Gaza Livre", na cidade de Norfolk, Virgínia, nos Estados Unidos. Vídeos do incidente viralizaram nas redes sociais.

"Save as crianças de Gaza!", gritou um homem que estava no meio da plateia. "Chega de destinar dinheiro dos contribuintes americanos para o genocídio!". O protesto foi recebido pelo público com vaias e gritos de "cale a boca".

Você é um apoiador de genocídio", disse o homem a Seinfeld. "Você deveria ter vergonha de si mesmo!"

Seinfeld então ironiza o manifestante. "Acho que sua mensagem está repercutindo na multidão. O pessoal aqui parece estar do seu lado", disse o comediante.

Um outro homem da plateia, então, começa a agredir o manifestante e tenta imobilizá-lo com um mata-leão, conforme mostra um vídeo do portal TMZ. Em meio à agressão, Seinfeld diz "isso é divertido, estou gostando, Eu gosto quando odiadores de judeus apimentam meu show".

"Estamos profundamente desapontados que um grupo de manifestantes tenha interrompido a apresentação esgotada de Jerry Seinfeld desta noite no Chrysler Hall. A SevenVenues mantém sua política de remover os intrometidos e aqueles que atrapalham uma apresentação, e continuará a proteger a liberdade de seus clientes de desfrutar de um artista de sua escolha sem interrupções", disse um porta-voz da SevenVenues, a arena de eventos onde o stand-up aconteceu, à 13News Now, rede de TV local afiliada à ABC.

Na semana passada, Jerry Seinfeld, foi convidado para ser orador na cerimônia de formatura da Universidade Duke, nos Estados Unidos. Dezenas de estudantes se retiraram do local. Como mostra um vídeo publicado nas redes sociais, alguns formandos cantavam "Palestina livre" para protestar contra o comediante, que apoiou Israel durante a guerra em Gaza.

"Entendemos a profundidade dos sentimentos em nossa comunidade, e, como fizemos o ano todo, respeitamos o direito de todos em Duke de expressar suas opiniões pacificamente, sem impedir que os formandos e suas famílias celebrem suas conquistas", disse um representante da Duke, Frank Tramble, em comunicado.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura