Fábio dá mais detalhes sobre expulsão do BBB 19 'Muita especulação, vida que segue'

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

14/01/2019 18h02 — em Famosos & TV

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O atleta de MMA Fábio Alano confirmou que sua desclassificação do BBB 19 antes mesmo de pisar na casa foi resultado de um contrato de patrocínio que violava as regras do programa. 

Alano, 27, foi anunciado junto aos outros 17 participantes do Big Brother Brasil na última quarta-feira (9) e desclassificado apenas três dias depois pela Globo. A emissora afirmou apenas que "tomou conhecimento hoje de fatos relacionados ao participante, avaliados como inadequados ao perfil dos competidores conforme o regulamento do programa".

O site Notícias da TV, do UOL, já revelara no próprio sábado que a desclassificação do reality foi em função de um contrato de patrocínio que ele teria com uma marca de roupas de ginástica. Alano não cita o nome de seu patrocinador no vídeo, mas a descrição de seu perfil no Instagram traz, logo abaixo de "participante do BBB 19",  "patrocínio da Oden Athletics", uma marca de roupas de ginástica.  

"Tenho um contrato vigente que acabei não informando porque foi tudo muito em cima da hora, muita intensidade. Acabou se percebendo que isso violava as cláusulas contratuais e gerou minha eliminação", contou Alano, em vídeo publicado em seu perfil no Instagram.

"Eu não vou mentir para vocês, fiquei triste e decepcionado porque eu realmente achava que podia chegar nas finais", continuou o atleta, que afirmou que voltará a se dedicar a uma de suas paixões, o jiu-jítsu e já treina para uma competição na próxima semana.

"Tem muita especulação, mas meu patrocinador não tem culpa de nada. Bola pra frente."

Gaúcho, Alano é tricampeão mundial de jiu-jítsu e estava entre os candidatos a galã da edição com quase 1,90 m de altura, 93 quilos e apenas 3% de gordura corporal.

Filho único, ele mora na academia onde treina artes marciais, entre elas o jiu-jítsu, em que é faixa marrom, e o hapkido, arte marcial coreana especializada em defesa pessoal.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV