Siga o Portal do Holanda

Arte e Cultura

Mauricio de Sousa fará Turma da Mônica nas versões mangá, série e com personagens adultos

Publicado

em

Foto: Reprodução

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Maurício de Souza, 83, não pretende parar de anunciar novidades da Turma da Mônica tão cedo. Depois de fazer sucesso com os gibis lançados em 1959, construir parque, criar produtos e, mais recentemente, filmar até um live-action do quarteto de crianças, ele revelou nesta quarta-feira (26) que lançará uma série infantil de 26 episódios da turminha - e que tem muito mais trabalhos vindo por aí.

"Vamos Brincar" é a nova produção da Mauricio de Sousa Produções com o Gloob, canal de TV infantil da Globo. O programa, previsto para 2020 e voltado para crianças mais novas, mostrará os personagens da turma em seus primeiros anos de vida.

"A Mônica deixou de ser criancinha e começou a andar, brincar sozinha, e se prepara para ser a Mônica da história em quadrinhos que vocês conhecem", disse Maurício no momento do anúncio, feito em evento da Globosat. "[As pessoas] Vão conseguir identificar nos personagens as crianças que vocês conhecem. [...] Apesar de ser uma série para crianças, não custa nada colocar também mensagens, comportamentos e coisas que vocês gostariam de ver se repetirem com seus filhos".

Maurício também revelou que, muito em breve, lançará as histórias em quadrinhos da Turma da Mônica no formato de mangás japoneses e com os personagens na faixa de seus 12 anos.

"Essa Mônica de 12 anos, nós vamos fazer no esquema de desenho de mangá puro, como se fosse desenhado no Japão. Estamos estudando e vamos buscar a Turma da Mônica em todos os tempos, para que o nosso público vá evoluindo junto", disse o autor que, em seguida, contou que tinha planos de fazer uma versão da Mônica adulta.

"Temos planos de fazer histórias adultas da Mônica daqui três, quatro anos. [...] Temos a Turma da Mônica jovem, mas adulto ainda não chegou. Vai chegar. Pretendo fazer a Turma da Mônica lá com seus 25 anos, tendo filhos, casando... [...] Ela casa com 30 anos para dar tempo de fazer bastante filhos", diz. 

A ideia, segundo ele, é que a trama acompanhe as novidades do mundo moderno. "No mundo, acontece alguma coisa, uma transformação social, e nós também estaremos acompanhando. Vai ser uma série jornalística praticamente. Mas vamos falar mais, mais para frente".

Nos novos trabalhos, Maurício confirma que continuará se preocupando em promover o convívio social entre crianças, para que elas não fiquem apegadas apenas aos dispositivos tecnológicos. 

"Desde o começo nossos personagens brincam muito, no campinho ou na rua. Mas brincam entre eles, e brigam também, têm seus problemas", diz. "Mas, vocês repararam que nenhum deles tem celular? [...] Você não os vê na frente de computador, só raramente, às vezes, por conta da história. [...] A tecnologia está em volta de nós, mas a serviço da Turma da Mônica".

Ele também afirma que os personagens continuam sendo inspirados nas crianças que cresceram ao redor dele. "Alguém duvida que a Magali, minha filha, não come uma melancia inteira até hoje? E não engorda. É um truque dela que não consegue explicar", brincou, citando também sua filha Mônica e demais personagens. "Os pais conhecem os filhos deles", revidou Mônica, que também estava presente na ocasião.

Mesmo com tantos planos já anunciados, a vontade de Mauricio de criar novos projetos parece infindável. "Nenhum artista se sente realizado, nunca. O artista sempre acha que pode fazer melhor no próximo trabalho", afirmou. "Pensando nos meus bem vividos 83 anos, eu não me sinto realizado. Porque tem tanta coisa para fazer ainda, aquele ar para espalhar e dedicar ao seu público...".

Apagão em Manacapuru e Iranduba é descaso com o povo

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.