Siga o Portal do Holanda

Balanço

Operação Cruzada Norte resulta em 59 prisões e 20 armas apreendidas em Manaus

Publicado

em

 Foto: Alaílson Saantos/ PC AM  Foto: Alaílson Saantos/ PC AM
Foto: Alaílson Saantos/ PC AM

A operação Cruzada Norte, deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/AM), através da Polícia Militar e Polícia Civil, resultou na prisão de 59 pessoas, sendo 51 em flagrante, na apreensão de 20 armas de fogo e dois quilos de entorpecentes. A ação integrada, que vinha ocorrendo desde a sexta-feira passada, teve um balanço apresentando nesta sexta (04), após o cumprimento de mandados de busca e apreensão no bairro Mutirão e na invasão Monte Horebe, localizada no conjunto residencial Viver Melhor, bairro Santa Etelvina, zona norte. Na manhã de hoje, três pessoas foram presas com armas e entorpecentes.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, o objetivo da operação é levar mais segurança para os moradores da zona norte e prender criminosos envolvidos em homicídio, latrocínio e tráfico de drogas.

“A nossa operação é voltada para combater os crimes violentos. Hoje foi destruído o tribunal do crime, que estava localizado no inicio da Reserva Ducke. Era um local que os traficantes levavam os desafetos para matar. Nós detectamos lá uma cova aberta e conversando com a população, eles nos relataram que era cobrado R$ 30 aos moradores e quem não pagava era retirado da casa. As operações vão continuar e vamos para todas as zonas da cidade”, informou.

Conforme o delegado-geral Lázaro Ramos, as investigações que apuram os crimes cometidos na invasão estão avançadas, e as delegacias estão trabalhando para elucidar os crimes e prender os envolvidos nos caros de desaparecimento, morte, trafico de drogas entre outros. “Há mais de uma semana, a Polícia Civil vem fazendo investigação, a seccional norte vem fazendo um trabalho muito objetivo. As ações continuam na área do Mutirão e Monte Horebe. A população pode ajudar por meio de denúncias do 181”, explicou.

O subcomandante da Polícia Militar, coronel Silvio Mouzinho, informou que as tropas especializadas e policiais das Companhias Interativas Comunitárias (Cicom) acompanharam os cumprimentos de mandados de busca e apreensão no bairro Mutirão e outras equipes adentraram na invasão Monte Horebe. “O policiamento especializado, ambiental e CPA Norte foi para a invasão. Foram utilizados os cães farejadores do Cipcães. O trabalho foi intensificado no local que é de difícil acesso com policiamento feito pela Rocam, Força Tática”, garantiu.

Fametro compra um grande problema

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.