Câncer de próstata acomete 510 somente neste ano

Por

15/07/2014 15h14 — em América Latina

No Dia Nacional do Homem, comemorado nesta terça-feira, 15 de julho, a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), destaca a prevenção como a palavra-chave para evitar os três principais tipos de câncer que acometem o sexo masculino no Amazonas. Juntos, os cânceres de próstata, estômago e pulmão (que inclui traqueia e brônquio), representam 40% do total de casos estimado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) para o gênero, no Estado, em 2014.

O Inca prevê 2.250 casos registrados no Amazonas para homens, apenas este ano, 240 a mais que para as mulheres. Deste total, os cânceres de próstata (510 casos), estômago (240) e pulmão (160) somam 910, dado que preocupa especialistas. Os médicos da Susam alertam que o câncer de próstata, primeiro no ranking estadual entre os homens, pode ser detectado ainda na fase inicial, desde que os homens passem, anualmente, a contar dos 40 anos, pelo exame preventivo do toque retal, além do teste PSA, realizado a partir da análise do sangue e que pode detectar eventuais alterações.

De acordo com o urologista da FCecon/Susam, Giuseppe Figliuolo, os homens ainda apresentam resistência ao exame, que é muito importante, uma vez que o câncer de próstata, quando detectado na fase precoce, tem até 90% de chances de cura. “Quando diagnosticamos um tumor maior e mais invasivo, reduz-se, também, as chances de o indivíduo preservar a potência sexual. Quando menor, a cirurgia é menos agressiva, e o nervo responsável pela função erétil, acaba sendo preservado, sem prejuízos ao paciente”, relatou Figliuollo.

Foto: Divulgação/FCecon