Viver Melhor pede socorro

Por

20/06/2014 14h20 — em Amazonas

Moradores do Viver Melhor no Santa Etelvina estão preocupados com a atual situação do residencial.

Além do sinal de telefonia celular ser quase inexistente (os moradores tem de sair do residencial para tentar pegar sinal) as ruas começam a apresentar os primeiros buracos.

A ausência de paradas de ônibus e policiamento também preocupa a comunidade: "Moram 10 mil famílias lá, entregues à sorte e à proteção divina, pois polícia mesmo não aparece lá”, desabafa uma moradora que também aguarda providências urgentes para o lugar.

A construção de uma escola e um posto de saúde estão em andamento.