Compartilhe este texto

Turismo Ecológico: reconexão com a natureza e sustentabilidade amazônica

Por Portal Do Holanda

19/02/2024 19h43 — em
Amazonas


Foto: Divulgação

O Amazonas é rico em beleza nas paisagens naturais, na fauna, flora e diversidade cultural e gastronômica, que vêm tornando o Estado destaque cada vez maior no setor de turismo, incluindo o esportivo e ecológico, incentivando turistas e visitantes a terem uma visão sustentável sobre o meio ambiente que buscam uma reconexão com a natureza, e é, graças a toda essa riqueza que existe uma admiração em todo o Mundo por essas belezas.

Quem visita o Amazonas vem em busca de todo esse conteúdo como forma de se obter uma experiência única e torná-la memorável. E não precisa ir muito longe da capital Manaus para conhecer todas essas belezas naturais reunidas em um só lugar. Pensando em permitir essa reconexão com a natureza e tirar um pouco da vida corrida nas grandes cidades, o Paraíso D’Angelo, criou essa oportunidade para turistas do Amazonas, do Brasil e do Mundo.

Foto: Divulgação Em 2023, o Amazonas foi destaque internacional quando a Revista Forbes citou o Estado como o melhor local do mundo para a prática do Ecoturismo. A lista da Forbes Advisor confere uma nota de 94,9 ao Complexo de Conservação da Amazônia Central, no Amazonas, muito à frente de países como México (86) e Austrália (84), respectivamente, o segundo e o terceiro colocados na seleção.

Localizado a 96km da capital amazonense, entre o Rios Miriti, com suas águas negras, e o Rio Solimões, com sua água barrenta, o Paraíso D’Angelo traz consigo o conceito de sustentabilidade, conservação e preservação do meio natural onde está instalado, pois nessa área existe uma biodiversidade muito rica de fauna e flora.

Quem é apaixonado pela Natureza e por aventuras vai adorar conhecer as maravilhas que o local oferece, principalmente com os passeios ecológicos que vão te colocar cara a cara com as belezas naturais do município de Manacapuru, além do atendimento diferenciado e humanizado pelos funcionários da fazenda, que possuem domínios em línguas estrangeiras, como o inglês, o espanhol, o francês e italiano.

Foto: Divulgação Conexão e reconexão

Quem busca o local para recarregar as energias e sair do estresse do dia a dia nas grandes cidades poderá usufruir de diversas atividades que envolvem à natureza, como: realizar um passeio de barco e se encantar com o pôr-do-sol amazônico; fazer um passeio a cavalo; participar de uma pescaria em flutuante e tirar o peixe direto do rio; fazer um tour para conhecer os animais da fazenda, além de visitar Reserva de Desenvolvimento Sustentável Lago do Piranha (RDS).

Pesca Esportiva

A Pesca Esportiva também é um dos atrativos da fazenda e é feita em parceria com a empresa VS PESCA ESPORTIVA, que proporciona nessa modalidade de pescaria, que o turista pesque sem o objetivo de consumo ou venda, com a ideia de que os peixes sejam sempre devolvidos à água, com técnicas e segredos para manter os peixes vivos após fisgados.

Foto: Divulgação Cardápio diversificado

Outro diferencial é o cardápio, que preserva a cultura de comidas típicas amazônicas e os visitantes poderão desfrutar de um delicioso café da manhã, com tapiocas com diversos acompanhamentos, X-Caboquinho (Pão francês, tucumã, queijo coalho e banana pacovã frita), o próprio tucumã, a pupunha, o pé-de-moleque, além de sucos naturais feitos com frutas típicas do Amazonas, como cupuaçu, taperebá, graviola e outros. O famoso açaí também é servido aos turistas.

No almoço e no jantar os peixes regionais comandam o cardápio diversificado oferecido pelo Paraíso D’Angelo, entre eles, os turistas poderão desfrutar do tradicional tambaqui assado ou a caldeirada, ou a matrinxã assada com farofa de banana, e mesmo o pirarucu, que tem uma infinidade de receitas, entre elas, pirarucu a casaca ou o desfiado. Além de pratos tradicionais.

Todo o alimento consumido no espaço é plantado na fazenda, que prioriza a produção local e cerca de 70% dos alimentos são orgânicos, cultivados nas terras da fazenda.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas