Sistema de Segurança reforça policiamento nesta terça-feira para o jogo do Brasil

Por

07/07/2014 17h16 — em Amazonas

Órgãos do Sistema de Segurança Pública do Amazonas reforçam as ações de prevenção e policiamento nesta terça-feira, dia 8 de julho, durante o jogo do Brasil, nos principais pontos de concentração de pessoas, entre eles o Fan Fast na Ponta Negra, Praça São Sebastião, no Centro, e na avenida Itaúba, zona Leste.

O Ronda no Bairro permanecerá nas principais ruas da capital mantendo o policiamento ostensivo e garantindo a segurança nos bairros com viaturas e motocicletas. Além dos pontos oficiais de programação, a previsão é de grande concentração de público na rua Santa Isabel, no bairro Praça 14, zona sul, e na rua 3, no Alvorada 1, zona centro-oeste, onde as Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) também garantem reforço policial.

Somente a Polícia Militar, empregará na operação desta terça-feira, o efetivo de 1.500 policiais militares, segundo informou o comandante da corporação, coronel Almir David. Ele destaca que o policiamento é montado desde cedo do dia e só encerra ao final das programações, garantindo a tranquilidade para as pessoas que irão assistir ao jogo em locais de grande público.

Integração – A Polícia Civil informa que manterá a Delegacia Móvel na Ponta Negra para atender os visitantes e turistas. Também haverá reforço nos Distritos Integrados de Polícia (DIPs), como foi feito nas operações anteriores. O Corpo de Bombeiros também permanece com estrutura reforçada para atuar em caso de ocorrências de salvamento e resgates, contando com reforço do helicóptero multimissão, e o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) na fiscalização da Lei Seca.

De acordo com o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Paulo Roberto Vital, as ações de segurança da Copa do Mundo em Manaus seguem até o dia 13 de julho, quando será o término do evento, oficialmente. Ele destaca que as operações continuam sendo coordenadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional, estrutura construída e equipada para o evento e que ficará como legado para o Estado do Amazonas.

Fases da operação – O secretário-executivo de Grandes Eventos da SSP, coronel Dan Câmara, destaca que toda a operação da Copa do Mundo em Manaus, foi dividida em oito fases. As primeiras compreendem os quatro jogos em Manaus e as últimas são relacionadas aos eventos ligados ao jogo do Brasil.

“No CICC continuamos com os interlocutores do Sistema de Segurança e órgãos das três esferas de governo, monitorando e acompanhando as ações que ainda estão sendo desenvolvidas por conta do evento Copa no Brasil”, disse Dan Câmara.