Sinetram reforça parceria com prefeitura e diz que não há pressão por reajuste

Por Portal do Holanda

12/11/2014 15h16 — em Amazonas

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas esclarece que algumas informações divulgadas por alguns meios de comunicação nesta quarta-feira sobre o possível aumento da tarifa ou do subsídio do transporte, são inverídicas. Até o momento o Sinetram não elaborou nenhuma planilha de custos e nem há previsão para tal e muito menos pressionou por aumento.

Ao contrário do que foi divulgado pelos meios de comunicação, o Sinetram não tem como pressionar a prefeitura pelo reajuste da tarifa de ônibus, e se houver algum acréscimo, será feito através planilha de custos elaborada pela Superintendência Municipal dos Transportes.

De acordo com o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges, em nenhum momento ele ou alguém da instituição falou sobre possíveis valores de aumento da tarifa, até porque nenhuma planilha de custos foi elaborada.

“As informações que foram repassadas de que estamos pressionando pelo aumento da tarifa não são verdadeiras. Quem elabora e concede o aumento é a prefeitura. As informações sobre os possíveis novos valores da tarifa são especulações de pessoas que querem desestabilizar o sistema. Não existe o chamado ‘cabo de guerra’ entre Sinetram e prefeitura, o que existe é uma parceira pelo bem do transporte público de Manaus”, destacou Borges.

Ainda de acordo com Borges, o único documento enviado à prefeitura foi informando sobre a decisão do Tribunal Regional do Trabalho, sobre o julgamento do Dissídio Coletivo de 2014/2015, dos trabalhadores.