Sindicatos fecham acordo com a Venezuela para fornecer oxigênio a Manaus

Por Portal do Holanda

21/01/2021 10h31 — em Amazonas

Primeiro carregamento do insumo deve chegar na próxima semana. Foto: Divulgação/SSP

O Fórum das Centrais Sindicais, entidade que reúne a CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros) e outras organizações de trabalhadores, anunciou nessa quarta-feira (20), um acordo com o governo da Venezuela para fornecer oxigênio semanalmente a Manaus, que sofre com a falta de insumos para pacientes com Covid-19.

De acordo com as organizações sindicais, a capital vai receber 80 mil litros por semana de oxigênio venezuelano. O país vizinho já enviou, na terça (19), 107 mil litros. O estado do Amazonas calcula um déficit diário de 50 mil litros de oxigênio.

No acordo, a Venezuela fornecerá o oxigênio e as centrais sindicais ficarão responsáveis pelo transporte e distribuição do produto. O Fórum informou que o primeiro carregamento deve chegar na próxima semana.

A crise de oxigênio se tornou crise política para o presidente Bolsonaro, que ainda não agradeceu a ajuda venezuelana. Bolsonaro tem dedicado esforços em suas redes sociais, principal meio de comunicação com seu público, para divulgar ações pelo Amazonas.

Só nesta quarta, divulgou a contratação de 72 médicos para atender pacientes com Covid em Manaus e a criação de uma nova rota para transportar oxigênio entre Porto Velho (RO) e a capital amazonense, entre outras publicações.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas