Compartilhe este texto

Saiba quem era Maxciel Pereira, morto a tiros no Amazonas; indigenista atuava no Vale do Javari

Por Portal do Holanda

25/06/2022 15h17 — em
Amazonas


Indigenista Maxciel Pereira dos Santos / Foto: Arquivo Pessoal

Manaus/AM - O indigenista Maxciel Pereira dos Santos, assassinado com dois tiros na cabeça na frente da esposa em Tabatinga, no Amazonas, era servidor da Fundação Nacional do Índio (Funai) e atuava na proteção Etnoambiental no Vale do Javari. 

O crime que está desde 2019 sem ser solucionado, reacendeu após as mortes do também indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, no Vale do Javari, em Atalaia do Norte. 

Dia do crime - Maxciel estava trafegando de motocicleta na Avenida da Amizade, em Tabatinga com a esposa, quando foi executado por criminosos com dois tiros na cabeça, em setembro de 2019. O homem foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o hospital do Exército, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Entretanto, o caso ficou quase 3 anos sem nenhuma solução. Em entrevista ao Profissão Repórter, a esposa do indigenista lamentou a falta de investigação e afirmou que o caso foi "esquecido", pois não houve retorno da polícia acerca do crime desde então. 

Uma resposta sobre o assassinato voltou a ser cobrada após as mortes de Dom e Bruno no Vale do Javari. Na época da morte de Maxciel, Bruno estava de férias quando soube do assassinato de seu amigo e chegou a relatar sobre o medo que tomou conta dos servidores da Funai, que eram ameaçados por invasores. 

União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja) denunciaram desde 2020 a 2022 sobre constantes invasões na região de terras indígenas. Entre os crimes estão garimpo ilegal, pesca e desmatamento. 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas