Quase 3 mil telefones são grampeados no Amazonas

Por Portal do Holanda

25/10/2015 13h56 — em Amazonas

O ano de 2015 registrou no Amazonas, entre janeiro e setembro, 2.902 telefones interceptados com autorização judicial, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), responsável por coordenar o Sistema Nacional de Controle de Interceptações Telefônicas no país. Em 2014, ano eleitoral, o número era maior e chegava a mais de 5.400 linhas grampeadas no estado. Entre os telefones também estão inclusos aqueles que fazem VoIP (Voz sobre IP, que realizam ligações através da internet). O CNJ contabilizou ainda 69 e-mails monitorados.  

A Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) em Manaus possui o sistema Guardião de gravação das conversas telefônicas grampeadas. Em suas investigações, o Ministério Público Federal (MPF) pode requerer as escutas da Polícia Federal, que também possui o superaparelho. Em breve, o órgão deverá também adquirir o seu próprio Guardião, que é disponibilizado pela Dígitro.