Compartilhe este texto

Quadros de parintinenses vão para escritório do presidente do BID, nos EUA

Por Portal Do Holanda

16/06/2024 19h47 — em
Amazonas


Foto: Divulgação

Manaus/AM - “Saber que uma obra minha está indo para tão longe é uma felicidade muito grande pela conquista e também um orgulho enorme pela trajetória que estou fazendo”. A frase é do artista plástico parintinense Inácio Paiva. Ao lado de Igor Viana, ele é autor dos quadros entregues pelo governador Wilson Lima ao presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ilan Goldfajn, durante visita a obras do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+), na semana passada.

Na ocasião, Goldfajn, que é o primeiro brasileiro à frente do BID, disse, extasiado, que os quadros iriam para o seu escritório, em Washington, onde fica a sede da instituição financeira, parceira do Governo do Amazonas no Prosamin+ e também no Programa de Saneamento Integrado (Prosai), que está chegando a Parintins. Ambos os programas são executados pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas.

As obras de arte retratam aspectos e características únicas da realidade da ilha Tupinambarana, inspirados na fauna a flora amazônica, nas lutas e modos de vida da população ribeirinha. Os quadros com dois barcos regionais, um azul e um vermelho, escolhidos intencionalmente para simbolizar os bois de Parintins Caprichoso e Garantido, chamaram especial atenção de Goldfajn.

Inácio Paiva, autor de três das quatro obras de artes com as quais o presidente do BID foi presenteado, incluindo o barco azul escrito Parintins, é de família humilde e natural da comunidade ribeirinha de Bom Socorro do Zé Açu, localizada a 14 quilômetros da sede do município e com acesso somente de barco. Mesmo com a dificuldade de deslocamento, Inácio estudou artes plásticas no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro de Parintins, espaço do Governo do Amazonas, administrado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Igor Viana, cujas obras também foram elogiadas pelo presidente do BID, conta a história por trás do quadro do barco vermelho que retrata uma experiência vivida por ele em uma viagem à comunidade do Canarinho. Ele levou para a comunidade um projeto que oferecia cursos de desenho, pintura e oficinas, e foi durante essa jornada que capturou a imagem do barco partindo para buscar os alunos que residiam nas proximidades, para fazer o curso. A logística envolvida nesse contexto o impactou profundamente, levando-o a decidir reproduzir a cena através da pintura.

Durante a estada em Manaus para participar da 22ª Semana da Sustentabilidade, a Sustainability Week (SW24), promovida pelo BID Invest, braço privado do grupo BID, Ilan Goldfajn visitou o Parque Jefferson Péres, no centro de Manaus, e o residencial Rodrigo Otávio, ambas obras do Prosamin+, programa estadual que tem recursos de financiamento da instituição estrangeira.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas