Protestos marcam enterro de menino de 12 anos morto no Cacau Pirêra

Por Portal do Holanda

29/07/2021 11h24 — em Amazonas

Amigos de Gabriel lamentaram morte do menino. Foto: Reprodução

Manaus/AM - O velório e o enterro do menino Gabriel Lima dos Santos, de 12 anos, morto durante um confronto com policiais no Cacau Pirêra, em Iranduba, foi marcado por protestos de familiares e amigos nesta quinta-feira (29).

 

 

A cova foi aberta pelos próprios familiares da vítima. A todo instante, familiares pediam por justiça.

Nesta quinta, os familiares realizaram uma manifestação durante o velório. Com faixas e cartazes, familiares e amigos do menino ainda soltaram fogos antes do sepultamento.

 

 

O menino almoçava com a família quando policiais invadiram a residência onde ele estava a procura de drogas e armas na tarde da última terça-feira (27).

De acordo com familiares da vítima, após invadirem o local, uma cadela da família acabou atacando policiais que atiraram e mataram o animal.

Assustado, Gabriel, um irmão dele, de 9 anos, e o padrasto, de 23, pularam no rio, mas o menino acabou sendo baleado. O irmão e o padrasto retornaram à superfície, mas a criança afundou e só foi encontrada um dia depois com ajuda dos bombeiros.

Segundo a coluna Holanda, a operação policial foi mal planejada, sem levar em conta o número de pessoas que residem em casas ligadas umas às outras por paredes de madeira. Não havia drogas.

A polícia não se manifestou sobre o ocorrido.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas