Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Promotoria de Justiça vai apurar escândalo sobre comércio de sex shop em escola pública

Publicado

em

Manaus – A 28ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude do Ministério Público do Amazonas (MP-AM)  informou que notificará hoje a diretoria da Escola estadual Presidente Castelo Branco, situada no bairro São Jorge, Zona Oeste, para se explicar sobre a comercialização de artigos de sex shop nas dependências da escola.

Para a titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Juliana Tuma, considera o caso como da maior gravidade. Ao mesmo tempo, o conselheiro tutelar da Zona Oeste, Nilson Matos, afirma que professores estão sob pressão da diretora da escola por terem vazado à imprensa dados sobre a exposição de artigos sexuais a estudantes menores de idade em um stand da escola, na sexta-feira (26).

O 'banho de Sol' do delegado que matou advogado em Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.