Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Prodam faz parceria com TRE-AM para agilizar cadastro biométrico

Publicado

em

Cerca de 2.200 mil pessoas são beneficiadas diariamente com o apoio tecnológico da Prodam

Quatro postos de cadastro biométrico do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) passam a contar com o apoio da Empresa de Processamento de Dados S.A. (PRODAM) no fornecimento de internet. A parceria entre a Prodam e o TRE-AM agilizará e atenderá a demanda do cadastro biométrico na capital amazonense. O analista de negócios da Prodam, Donizete Ramos, informa que, com a parceria, a empresa passou a oferecer rede para as unidades de Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) do Via Norte Shopping e da Cidade Leste, Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (AADES) e Centro de Convivência da Aparecida.

Além do suporte, a Prodam também oferece assessoria técnica a outros três postos do TRE-AM, localizados no Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Social do Comércio (Sesc) e Arena da Amazônia. “Outros locais estão sendo avaliados, mas dependerão da demanda do cadastro biométrico”, revela Ramos.

De acordo com o coordenador de informática do TRE-AM, Rodrigo Camelo, através do sinal do Amazonas Digital a Prodam oferece a estes locais a rede necessária para atender diariamente aproximadamente 2200 pessoas.

“Estas unidades funcionam como uma extensão da central de atendimento da sede do TRE-AM, por isso é essencial que os postos possuam estrutura tecnológica necessária para que o cadastro aconteça de maneira rápida e sem filas”, destacou Camelo.
O cadastramento biométrico começou a ser feito em 17 de novembro do ano passado e se estenderá até abril de 2016. Atualmente, o cadastro é feito apenas por agendamento prévio no site do TRE-AM, onde o eleitor escolhe o melhor dia, horário e local para efetuar seu atendimento.

Ao mesmo tempo em que faz o cadastramento biométrico, o TRE-AM realiza o rezoneamento dos eleitores de Manaus. Na capital, 214 mil eleitores mudarão de zona eleitoral ao serem redistribuídos entre as 13 zonas eleitorais da cidade.

O eleitor que não realizar essa atualização no cadastro terá o título cancelado e, devido a isso, não poderá se matricular em universidade pública, participar de concurso público, tirar passaporte e, se for comerciante, não poderá participar de licitação pública.

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.