Compartilhe este texto

Procon autua supermercado por vender carnes vencidas no Tarumã

Por Portal Do Holanda

25/05/2024 9h49 — em
Amazonas


Foto: João Pedro/Procon-AM

Manaus/AM - O Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas (Procon-AM) autuou, na sexta-feira (24), um supermercado localizado na avenida do Turismo, no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus, por comercializar produtos alimentícios e de limpeza impróprios para consumo. 

Foto: João Pedro/Procon-AMDe acordo com o Procon, denunciantes informaram a situação nas redes sociais do órgão, o que deu início a investigação. Durante a inspeção, a equipe encontrou peixes, linguiça e carnes para hambúrguer, armazenados de forma inadequada, fora do prazo de validade e com embalagens violadas.

“Produtos impróprios ao consumo violam o direito à saúde, que está previsto no Código de Defesa do Consumidor, por isso, os consumidores devem estar atentos antes de realizar a compra, verificar a validade, embalagem e se estão com a devida refrigeração”, explicou o diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe.

Foto: João Pedro/Procon-AMUm total de 37 produtos foram apreendidos, entre eles estavam lasanhas em caixa, linguiça de carne, empanado de frango e congelados (pizza, hambúrgueres, carnes e peixes), todos foram recolhidos. O estabelecimento recebeu auto de infração e tem prazo de até 20 dias úteis para apresentar defesa. Além disso, será instaurado um processo administrativo, com possível aplicação de multa.

Para denunciar, a população pode entrar em contato com o Procon-AM pelos canais oficiais da instituição, nos telefones (92) 33215-4009 ou 0800 092 1512, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, ou encaminhar a sua demanda pelo correio eletrônico: [email protected].


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas