Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Prefeitura faz diagnóstico para implantar Espaço Verde na Comunidade

Publicado

em

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), começou na quarta-feira, 19, o trabalho de diagnóstico socioambiental junto aos moradores dos bairros da União e Parque Dez, na zona Centro-Sul, visando a implantação do Projeto Espaço Verde na Comunidade na área verde pertencente ao Conjunto Castelo Branco. O diagnóstico, feito por meio da aplicação de questionários a moradores do entorno do perímetro de intervenção do projeto, visa levantar informações sobre a relação da comunidade com a área verde, sugestões e as expectativas em relação a sua recuperação.

O Espaço Verde na Comunidade é desenvolvido pela Prefeitura de Manaus com a finalidade de promover a recuperação de áreas verdes de loteamentos com projetos aprovados pelo município, com foco na revalorização dos espaços protegidos e a instalação de equipamentos públicos, como pista de caminhada, iluminação, quadras e academias ao ar livre em trechos degradados.

O Espaço Verde Titio Barbosa, como deverá ser chamado em homenagem ao comunicador João Barbosa, fica situado num trecho de área verde com 11.700 metros quadrados . O local faz parte da lista das mais de dez áreas verdes mapeadas pela Semmas aptas a receber o projeto. Os recursos para a sua implantação deverão ser oriundos de compensação ambiental. O Espaço Verde Campo Dourado, localizado no Loteamento Campo Dourado, na Cidade Nova, zona Norte, foi a primeira área verde contemplada pelo projeto. Inaugurado em junho deste ano, pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, o espaço é frequentado diariamente por centenas de pessoas de diversos bairros da zona Norte, que utilizam a área para a prática de esportes e a contemplação do verde.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar, destacou a importância do diagnóstico socioambiental como forma de estabelecer o primeiro contato com a comunidade a ser beneficiada pelo projeto. Ele lembra que as intervenções a serem realizadas dentro do Espaço Verde na Comunidade levam sempre em consideração a opinião dos moradores. “O processo de decisão é participativo para que tenhamos o êxito na implementação das intervenções, por essa razão depois de realizarmos a consulta aos moradores, realizamos reuniões com a comunidade para a apresentação das propostas e formatação do projeto”, afirmou Itamar Mar.

Veja Também

A área verde do Conjunto Castelo Branco 2 fica situada entre as ruas 39 e 42. De acordo com o diretor de Áreas Protegidas da Semmas, Márcio Bentes, o diagnóstico tem como principal finalidade descobrir o que o morador pensa e espera daquela área. A aplicação dos questionários é feita pela equipe da Divisão de Educação Ambiental, subordinada ao Departamento de Áreas Protegidas (DAPR) da Semmas. O trabalho deverá se estender até  sexta-feira, 21, ouvindo moradores do Castelo Branco 2 e do Bairro da União, que serão diretamente beneficiados. 

Joaquim Batista e Marlene Brito são moradores do conjunto e se disseram preocupados com a insegurança no local. Ambos são favoráveis às intervenções do projeto. Segundo Marlene, a área precisa de iluminação e policiamento.

No Campo Dourado, a área verde passou a contar com iluminação de LED, recebeu o reforço de plantio de 300 mudas de espécies arbóreas e mais de 2,5 mil mudas ornamentais, além de academia ao ar livre, pista de caminhada, campo de areia de futebol e vôlei. Para o secretário Itamar de Oliveira Mar, a área se encaixa nos propósitos do projeto Espaço Verde na Comunidade, pois atenderá a uma faixa significativa da população do Parque Dez e Bairro da União, com opções de lazer, recreação, prática de esportes e recuperação ambiental.

Já foram realizadas visitas técnicas visando a implantação do Projeto Espaço Verde na Comunidade em áreas verdes dos loteamentos Renato Souza Pinto, Águas Claras, Santos Dumont, Hileia, Ajuricaba, Belvedere, Campos Elisios, Bem Hur, Manoa, Castanheiras e Augusto Montenegro.

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.