Prefeitura capacita profissionais em Atenção Humanizada às Vítimas de Violência

Por Portal do Holanda

11/11/2014 17h10 — em Amazonas

A Prefeitura de Manaus, por meio do Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual da Maternidade Dr. Moura Tapajóz, localizada no bairro Compensa, está promovendo o Curso de Multiplicador em Atenção Humanizada às Vítimas de Violência Sexual e Doméstica, direcionado para profissionais das áreas de saúde, educação, assistência social, segurança, justiça e áreas afins.

O curso teve início na última segunda-feira no auditório da Maternidade Dr. Moura Tapajóz, das 8h às 12h e das 14h às 18h, com a participação de 70 profissionais que atuam no atendimento intersetorial às vítimas de violência sexual e doméstica.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, o SAVVIS, para atender de forma integrada às vítimas, utiliza o curso como forma de fornecer uma visão ampliada sobre a violência sexual para profissionais de toda a rede de apoio e proteção, sensibilizando para a importância da integralidade da atenção às vítimas, promovendo o trabalho em rede e estimulando o trabalho em equipe.

O curso segue até a próxima sexta-feira, 14, com uma carga horária de 40 horas. Serão realizadas palestras e rodas de conversas abordando temas como: Aspectos Jurídicos do Atendimento à Vítima de Violência Sexual; Atendimento Médico de Crianças e Adolescentes; Violência Doméstica contra o Idoso; Escuta Qualificada; Assistência Farmacêutica; Trabalho em rede e violência sexual; O trabalho da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos; Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual: Compreensão, Intervenção e Olhares para a Família;  O exame médico da vítima de violência sexual; Agressores e Possibilidades de Tratamento; O papel da Enfermagem; O papel do Serviço Social; Cadeia de custódia; Aborto Legal; Tráfico de Seres 
Humanos; Pedofilia; e Aspectos Psicológicos das Vítimas de Violência Sexual.

A coordenadora do SAVVIS, médica Zélia Campos, explica que será promovida, ainda, uma Mesa Redonda com o tema “O destino jurídico dos agressores. Validade e Peso jurídico da coleta de provas feita à época do atendimento em saúde”, que contará com a presença dos gestores de Saúde Municipal e Estadual, Ministério Público, Tribunal de Justiça e Ordem dos Advogados do Brasil, na quinta-feira, 13, às 10h.

Serviço

O SAVVIS, localizado na avenida Brasil, n°1335, bairro da Compensa I, zona Oeste de Manaus, funciona 24 horas por dia na Maternidade Moura Tapajóz. Apesar de o maior número de pessoas atendidas pelo serviço ser do sexo feminino, os profissionais estão capacitados para atender também ao público masculino. Nos casos agudos (como são chamados os ocorridos até menos de 72 horas antes do atendimento), os pacientes recebem os cuidados necessários para evitar doenças sexualmente transmissíveis, inclusive AIDS, e também a gravidez indesejada, no caso das mulheres.

Já foram atendidos pelo serviço mais de quatro mil pacientes, a maioria dos casos envolvem crianças e adolescentes correspondendo a 88% dos casos, e apenas 8% do total dos atendimentos pertencem ao sexo masculino.

O acompanhamento dos pacientes atendidos pelo serviço dura cerca de seis meses, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde, e é feito por uma equipe multiprofissional (médico, enfermeiro, psicólogo, assistente social e farmacêutico), especialmente preparada para esse tipo de atendimento, incluindo os demais servidores da Maternidade Moura Tapajóz. Os pacientes têm atendimento prioritário e reservado, inclusive com leitos em enfermaria específica (nos casos de internação).