Prefeitos acionam deputados federais para paralisar operação contra garimpo ilegal no Amazonas

Por Portal do Holanda

01/12/2021 9h32 — em Amazonas

Foto: Reprodução

A operação Uiara da Polícia Federal (PF) que apreendeu cerca de 131 balsas e prendeu três pessoas no Rio Madeira, no Amazonas, na última semana, fez com que os prefeitos dos municípios de Autazes e Borba acionassem deputados de Brasília para impedir a desarticulação que deixou vários garimpeiros desabrigados.

Foto: reprodução

Os garimpeiros fugiram para Borba  com cerca de 60 balsas e algumas máquinas, motores e tubos para evitar um prejuízo maior. Lá, os garimpeiros fizeram protestos contra o governo federal, após a maioria das embarcações que estavam em Autazes serem destruídas.

Foto: Pedro Braga Jr. / Portal do Holanda

O prefeito de Borba, Simão Peixoto, informou ao O Globo que acionou a bancada federal do Amazonas para paralisar a destruição de balsas de garimpo. Ele alegou que o garimpo movimenta a economia da região desde que ele nasceu, nos anos 80, e que espera sensibilizar a presidência da República da situação complexa.

Foto: Divulgação PF

Peixoto ainda propôs aos garimpeiros para que formem uma cooperativa para tentar regularizar o trabalho.

Borba acomodou cerca de 340 pessoas que ficaram desabrigadas. A prefeitura de Autazes também abrigou centenas de garimpeiros desalojados.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas