Prefeito de Barreirinha consulta MP e Defensoria sobre aplicação do Enem

Por Portal do Holanda

22/02/2021 13h02 — em Amazonas

Glênio suspendeu provas por meio de decreto - Foto: Divulgação

Manaus/AM - Se depender do prefeito Glenio Seixas, estudantes do município de Barreirinha devem aguardar até novembro para realizar as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Isso porque o número de casos de covid na cidade está em alta e o prefeito prefere não arriscar ainda mais a saúde da população.

O  prefeito publicou um decreto em que cita o fato da cidade não possuir leitos de UTI e que Manaus ainda tem grande número de ocupação nos hospitais. A decisão sobre a suspensão do Enem ainda não foi definida, mas Glenio já consultou o Ministério Público do Estado e a Defensoria Pública.

O prefeito foi alertado pelo Inep de que se mantiver a suspensão, os alunos perderão esta edição do Enem e só poderão participar novamente no fim do ano. Nesta segunda (22), Glenio está em reunião para definir se suspenderá ou não o Enem na cidade.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas