Ônibus de Manaus terão wifi; saiba quais

Por Portal do Holanda

21/08/2020 11h14 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Algumas linhas de ônibus do transporte coletivo de Manaus passarão a oferecer wifi para os usuários, de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). A iniciativa é uma parceria com a empresa Mobile Service, representante da GO WI-FI no Amazonas. Os testes iniciaram no dia 10 de agosto e irão se estender por 60 dias.

As linhas contempladas no projeto piloto são: 215, 678, 316, 002, 355 e 407 das empresas Via Verde, Global Green, Viação São Pedro, Vega Manaus, Expresso Coroado, Açaí Transporte e Auto Ônibus Líder. Todas as linhas estão com placas indicativas de wifi gratuito, bem como o passo a passo para realizar o acesso.

Para acessar a internet, o usuário precisa conectar o wifi do celular com o sinal da rede, o nome varia de acordo com a empresa que opera da linha. Em seguida, é necessário preencher um cadastro com nome, CPF, telefone, idade e gênero, para liberar o acesso. As páginas permitidas para a navegação são redes sociais como facebook, instagram e whatsapp, além do aplicativo Cadê Meu Ônibus. Acesso a plataformas streaming e download de arquivo não são permitidos.

“A tecnologia implementada para a disponibilização do serviço garante uma velocidade de 54 Megabytes por minuto, além de seguir todos os protocolos de segurança da internet incluindo o sigilo dos dados informados”, destacou o CEO da Mobile Service, Carlos Fábio Chagas.

O presidente do Sinetram, Algacir Gurgacz, destacou que as empresas estão empenhadas em oferecer mais facilidade aos clientes. “Nossa proposta é garantir cada vez mais conforto e melhorar a experiência dos passageiros no transporte coletivo. Com o projeto piloto será possível fazer todos os ajustes necessários e aferir a viabilidade para estender o serviço nos demais veículos”, finalizou.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas