​MP-AM investiga pagamentos ao Sírio Libanês para tratar políticos do Amazonas

Por Portal do Holanda

22/02/2016 19h42 — em Amazonas



MANAUS/AM - O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) está investigando repasses na ordem de R$ 498,6 mil feitos pela Secretaria de Estado da Saúde do Amazonas (SUSAM) ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O valor corresponde à soma dos custos de tratamento médico do ex-prefeito de Manacapuru e ex-deputado Washington Régis (R$ 191.387,21) e do ex-prefeito de Santa Isabel do Rio Negro, Mariolino Siqueira (R$ 307.310,75).

Conforme o promotor de justiça de Manacapuru e Santa Isabel do Rio Negro, Alessandro Samartin de Gouveia, os valores possuem indícios de suposto enriquecimento ilícito e improbidade administrativa. Os requisitos para este tipo de atendimento pela SUSAM também serão analisados pelo MP.

Conforme familiares de Washington Régis, falecido em 2015, as características de sua enfermidade estavam em conformidade aos requisitos do benefício.

A SUSAM e o Hospital Sírio Libanês ainda não foram notificados e deverão se pronunciar somente após tomar ciência completa das questões do MP/AM.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas