Ministro decide que investigações que apuram compra de respiradores no Amazonas cabe ao STJ

Por Portal do Holanda

12/06/2020 22h59 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - As investigações que apuram a compra de respiradores pela Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam), durante a pandemia do novo coronavírus no estado, são de competência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu, nesta sexta-feira (12), o ministro do próprio STJ, Francisco Falcão. 

Na decisão, o ministro Falcão mandou que o Ministério Público do Amazonas envie todas as informações relacionadas à compra dos equipamentos ao STJ.

Segundo o Sistema Globo, há indícios relacionados ao governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) e de que houve superfaturamento, além de direcionamento aos compradores.

A operação Apneia foi deflagrada pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) na quarta-feira (10) e cumpriu 14 mandados de busca e apreensão, em locais diferentes, como parte das investigações da compra de ventiladores respiratórios mediante dispensa de licitação da Susam.