Governo do Amazonas amplia testagem de Covid e resultado sai pela internet

Por Portal do Holanda

10/04/2021 11h15 — em Amazonas

Foto: Divulgação SES

Manaus/AM - Os pacientes que realizam o exame RT-PCR, classificado como padrão ouro para detectar novas infecções pela covid-19, podem obter o resultado, em até 48 horas, no site da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), http://www.fvs.am.gov.br/, no link ‘Resultados Lacen/FVS’, mediante consulta pelo CPF.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) aumentou a oferta da testagem do RT-PCR e também do teste rápido de antígeno, tanto nas unidades de urgência e emergência, que são as portas de entrada do sistema de saúde, quanto na rede ambulatorial para rastreamento da Covid-19 e o acompanhamento do paciente.

Nas Policlínicas e Caimis, a testagem será realizada em pacientes que estarão aguardando para realização de consultas e exames, durante a triagem que forem identificados com sintomas gripais.

Diagnóstico imediato - O Governo trabalha para ampliar a testagem no Amazonas com a aquisição de testes para detecção da Covid-19. A iniciativa de identificação precoce de infectados pelo vírus tem apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), que doou 122 mil testes rápidos de antígeno ao Amazonas. 

O Centro de Serviços Compartilhados (CSC) também lançou um Pregão Eletrônico para Registro de Preços, com o objeto a aquisição de teste rápido de antígeno. Assim, além da SES-AM, outros órgãos do Estado também poderão adquirir o teste.

Distinção - A técnica de coleta dos testes rápido de antígeno e do RT-PCR é a mesma: por swab nasal (cotonete). O RT-PCR detecta o RNA do vírus, permitindo o mapeamento genômico e a vigilância, enquanto o antígeno identifica a proteína do Sars-CoV-2 em menor tempo. 

A coleta do RT-PCR deve ser feita entre o 1º e o 10º dia dos sintomas de Covid-19; e o antígeno obedece no período de sete dias, desde o início dos sinais de suspeita.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas