Ginastas amazonenses fazem intercâmbio na Europa em busca de aprendizado

Por

21/06/2014 8h37 — em Amazonas

Manaus/AM - Visando os jogos olímpicos do rio em 2016, a Secretaria do Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), promove o “Conexão Bulgária”. Quatro ginastas do Centro de Treinamento de Alto Rendimento do Amazonas (Ctara) seguirão para 20 dias de um treinamento intenso no país da Ginastica ritmica.

A equipe é formada por Emilly Goes, 12, Maria Izabel Padilha, 12, AnaPaula dos Santos, 12, e Vitória Nicole da Silva, 15. Elas enfrentarão uma maratona de treinos e competições durante essa curta temporada no continente europeu.

Em meio a várias dificuldades, como o clima seco do verão europeu, outro idioma e gastronomia totalmente diferente, as ferinhas amazonenses dizem que todas essas barreiras são superadas logo quando pisam no tablado.

A novata

Estreante em competições internacionais, a pequena Ana Paula,  conta que os dias de treinamento serão muito importante para o seu amadurecimento no esporte e , já visa uma boa apresentação.

“Pretendo evoluir bastante com esses dias treinando lá (Bulgária), espero voltar mais experiente e passar as minhas amigas de treino tudo o que aprendi”, explicou Ana Paula.

 

Frutos do Ctara

Pelo terceiro ano consecutivo é realizado o projeto “Conexão Bulgária”, uma ação conjunta entre a Secretaria do Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e a Prefeitura de Manaus. O Projeto vem mostrando resultados e no ano passado as ferinhas voltaram da Bulgária com 4 medalhas do Torneio Internacional de Ginástica Ritmica.

Para a tecnica das ginastas, Alessandra Balbi, o investimento que é feito por essa parceria entre o Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus é muito importante para o surgimento de grandes nomes da ginástica ritmica no estado

"Todo ano a comissão técnica busca apoio para enviar nossas atletas para treinarem com as melhores professoras e nos melhores CT’s. Sem dúvidas é um investimento correto para buscar treinamento nos locais onde a ginástica é a primeira no mundo”, declarou.

Fotos: Mauro Neto/Sejel