Garimpos ilegais que devastam rios no Amazonas estão na mira da PF

Por Portal do Holanda

25/11/2021 8h19 — em Amazonas

Foto: Marcos Amend / Greenpeace

A exploração ilegal de ouro na Amazônia tem trazido efeitos devastadores para os rios do Amazonas e chamando a atenção de autoridades nacionais como a Polícia Federal.

Os rios Madeira, Teles Pires, Xingu, Tapajós e Jamanxin são os mais afetados.

Segundo um levantamento feito recentemente pela Universidade Federal de Minas Gerais, mais de 87% do ouro extraído na região é oriundo de garimpos ilegais.

Só para se ter uma ideia, entre 2019 e 2020, mais de 174 toneladas de ouro foram comercializadas no país, desse montante, 49 tem origem suspeita.

De acordo com o Ministério Público Federal com base em um estudo feito  pelo Centro de Sensoriamento Remoto e o Laboratório de Gestão de Serviços Ambientais (UFMG), todo esse ouro extraído clandestinamente representa um prejuízo socioambiental estimado em R$ 31,4 bilhões.

Por conta disso, a Polícia Federal planeja uma grande operação para combater a exploração ilegal e retirar os garimpeiros da região.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas