Estudantes mostram equipamento que reduz danos causados por raios

Por Portal do Holanda

07/11/2014 13h29 — em Amazonas

Estudantes da Fundação Nokia apresentam na II Feira de Ciências da Amazônia (FCA), o inédito “dispositivo eletrônico supressor de incidência”, que na prática protege equipamentos eletroeletrônicos da incidência de raios. A FCA faz parte da 11ª. Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT)), que acontece até esta sexta-feira, em Manaus, no Clube do Trabalhador do Sesi, na zona leste de Manaus. A SNCT é coordenada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-AM).

De acordo com a estudante, Yasmin Torres, o dispositivo eletrônico supressor de incidência, automatiza os sistemas eletrônicos de residências ou empresas para fazer a proteção interna dos eletrodomésticos contra descargas elétricas provenientes de raios. “Essas descargas acontecem no período em que chove muito. Aqui, no Amazonas, é nos meses de novembro a março”, disse.

O dispositivo funciona conectado a uma tomada e aos eletrodomésticos, como um plugue, e faz a proteção em caso de incidência de raios. “Conforme informação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), quanto maior a quantidade de chuva, mais provável será a queda de raios”, afirmou a outra aluna participante do projeto, Daniela Caroliny.

O equipamento funciona com um sensor de chuva programado para detectar as tempestades, e que ao receber grande volume de água corta o fornecimento de energia para o aparelho. “Assim, ele não será queimado e nem causará danos no seu funcionamento. Apesar de ter função parecida como um para-raio, ele é muito mais barato e não precisa de mão de obra especializada para ser instalado”, ressaltou Caroliny.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil é um dos países com a maior incidência de raios do mundo, são cerca de 70 milhões de raios que atingem o País todos os anos, o que equivale a uma média de duas ou três descargas elétricas por segundo.