Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Estudantes de seis países do Mercosul visitam a Arena da Amazônia

Publicado

em

A Arena da Amazônia Vivaldo Lima recebeu  a visita de um grupo de 56 estudantes oriundos de escolas do ensino médio de seis países sul-americanos: Brasil, Argentina, Paraguai, Colômbia, Equador e Bolívia, que venceram a edição de 2015 do concurso histórico literário “Caminhos do Mercosul”. O certame é organizado desde 2003 pelo Setor Educacional do Mercosul (SEM) e teve como tema “Floresta Amazônica como Patrimônio da Humanidade.

O objetivo é estimular e fortalecer a instituição, além de aumentar o interesse dos jovens alunos, por meio de uma experiência formadora que possibilita a ampliação dos conhecimentos, o intercâmbio, a valorização da integração regional e o respeito à diversidade cultural.



A presença dos estudantes na Arena da Amazônia foi viabilizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Fundação Vila Olímpica (FVO), e faz parte de uma agenda que começou no último dia 17 e prossegue até domingo (25).

“Muita gente lá fora pensa que o Brasil é somente São Paulo e Rio de Janeiro. Esse concurso proporcionou a essa garotada a oportunidade de conhecer um Estado que uma das melhores arenas do mundo, uma grande riqueza natural e um potencial econômico valioso, chamado Zona Franca de Manaus”, disse o diretor-presidente da FVO, Aly Almeida.  

Em quase uma semana, o grupo percorreu locais como o Teatro Amazonas, Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), Museu da Amazônia (Musa), o município de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus), uma aldeia indígena e a empresa Moto Honda.

Tudo foi organizado pelo Ministério da Educação brasileiro (MEC), com o apoio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc/AM) e da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).   

“Faremos um relatório dessa viagem e o apresentaremos na reunião dos ministros de Educação do Mercosul, que é realizada semestralmente”, informou a Assessora Internacional do MEC, Sandra Sérgio.

Para a estudante equatoriana Carolina Mena, 17, pisar pela primeira vez em solo amazônico brasileiro foi mais que um prêmio.

“Este País é o mais lindo do mundo”, disse, empolga, a adolescente, que cursa o 3º ano na província de Imbabura (a aproximadamente duas horas de carro da capital Quito).
 
Conto do século 18

Cinco estados brasileiros tiveram vencedores no concurso “Caminhos do Mercosul”: Espírito Santo, Santa Catarina, São Paulo, Ceará, Amapá e Goiás. Um deles é o capixaba Gabriel Simonassi, 17, que, a exemplo de todos os outros, nunca tinha vindo ao Amazonas.

O conto produzido por ele fala de um explorador português que viajou para a Amazônia do século 18, com o intuito de recuperar o que a família havia perdido durante uma crise econômica em Portugal.

Ao chegar ao Amazonas, ele se encantou com o que viu e acabou se envolvendo com um grupo indígena, do qual só se separou quando foi assassinado.

“Ele se apaixonou pela região, pela tribo e por uma indígena, mas morreu num conflito com outros nativos. Então houve o ritual e ele foi transformado num pássaro, que virou um dos principais protetores daquele povo”, resumiu Gabriel.
 

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.