Compartilhe este texto

Embarcações serão o principal meio de transporte para o Festival de Parintins 2024

Por Portal Do Holanda

14/06/2024 13h22 — em
Amazonas


Porto de Parintins. - Foto: Pedro Coelho/Divulgação.

Manaus/AM - Aproximadamente 95 mil passageiros utilizarão o transporte por embarcações, fiscalizado pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam), para chegar ao Festival de Parintins 2024, consolidando-se como o principal meio de locomoção entre os visitantes.

O festival atrai uma multidão de visitantes que optam pelo transporte hidroviário devido à peculiaridade geográfica da região amazônica, onde os rios desempenham um papel crucial na mobilidade. Durante este período, a Arsepam intensifica suas operações de fiscalização para garantir que as embarcações estejam em conformidade com todas as normas de segurança e operando em condições adequadas.

Para reforçar as inspeções neste mês de junho, devido à alta demanda de passageiros em direção à Ilha Tupinambarana, a Arsepam lançou a campanha “Viagem Segura: Parintins 2024”.

As ações de fiscalização incluem a verificação da documentação das embarcações, condições de segurança, capacidade de passageiros e o cumprimento das normas ambientais. Além disso, a Arsepam realiza campanhas de conscientização entre operadores de transporte e passageiros sobre a importância de seguir as regulamentações vigentes.

Para denúncias e dúvidas, entre em contato com a Ouvidoria da Arsepam pelo número (92) 2020-1117, pelo WhatsApp, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, e também pelo 0800 280 8585. O órgão também atende presencialmente das 8h às 14h, na Rodoviária de Manaus, pelo e-mail [email protected] e pelas redes sociais em @arsepamamazonas.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas