Em Manaus, 411 motocicletas já foram apreendidas nos últimos 15 meses

Por Portal do Holanda

15/03/2016 12h40 — em Amazonas

Manaus/AM - Nos últimos 15 meses, 411 motocicletas que faziam transporte irregular em Manaus foram apreendidas durante operações de fiscalização da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). Entre as maiores irregularidades se destacam os problemas com a documentação de porte obrigatório de veículos/condutores e o serviço de táxi feito de forma clandestina em todas as zonas da cidade.

Além da apreensão dos veículos, o transporte clandestino de passageiros e carga, conforme estabelece nas legislações municipais das modalidades tem como penalidade a aplicação de multa no valor de 40 Unidades Fiscais do Município (UFMs), equivalente a R$ 3.351,20.

A partir deste mês de março a remoção e guarda dos veículos apreendidos em fiscalizações da SMTU serão feitas por uma empresa terceirizada, contratada mediante licitação. Com parqueamento maior, o trabalho de fiscalização deverá ser intensificado, pois a capacidade de armazenamento será aumentada. Até então, os veículos eram recolhidos para a sede da SMTU.

Circulação

De acordo o superintendente da SMTU, Pedro Carvalho, com o decreto no 2549, de 30 de setembro de 2013, as áreas de atuação do serviço de mototáxi se estendem por toda cidade, exceto a área central, circunscrita pelas vias Leonardo Malcher, Luiz Antony, Governador Vitório, Tamandaré, Marques de Santa Cruz, Lourenço da Silva Braga, Lima Bacuri e Joaquim Nabuco até a Rua Leonardo Malcher. Todos os mototaxistas que concorreram no edital para a regulamentação da profissão já sabiam das determinações.

 

Motos apreendidas

2015: 275

2016: 136

Total: 411 até 15/03/2016

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas