Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Desflorestamento na Amazônia pode aumentar temperatura mundial em quase 5ºC

Publicado

em

Noticiário da TV é tóxico e está levando pânico à população


Na mesma semana em que foi fechado o acordo histórico internacional da COP-21 em Paris, um estudo conclui que caso o desmatamento na Amazônia continue avançando, ocorrerá uma redução de 35% no volume de chuvas e um aumento de 4,5ºC na temperatura da bacia amazônica em 2100. A pesquisa foi defendida pelo físico Luiz Gustavo Teixeira, mestre em clima e ambiente pela Universidade do Estado Amazonas e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).

“Para alcançar os resultados, utilizei um modelo climático numérico e mais de 20 anos de dados calculados em supercomputadores”, explica.  O estudioso avaliou também os impactos do desmatamento na Amazônia das regiões Sul e Sudeste do Brasil e na bacia do Plata, na Argentina. 

O estudo apontou ainda que crise hídrica no Sudeste do Brasil em 2014 não teve nenhuma relação com o atual estado de desmatamento da Amazônia.

Veja Também

Segundo a pesquisa, até agora o desflorestamento não causou impacto significativo no regime de chuvas para a Amazônia e outras regiões do País, ao contrário do que afirmam outros estudos, mas caso o desmatamento continue no mesmo ritmo, a previsão de Teixeira é de que em 2100, no Sudeste, haja uma redução de 16% na precipitação oriunda da evaporação da Amazônia. Já em 2050, o volume das chuvas pode reduzir em até 9%. Na Amazônia, a redução pode chegar a 13%.

Conforme Francis Wagner Correia, doutor em metereologia e professor da UEA, que é orientador do projeto: “A gente observou que, nas outras regiões, a redução de chuva no cenário futuro será determinada pela água transportada pela bacia amazônica”.

Um relatório do Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (Inpe) divulgado em novembro aponta que de agosto de 2014 até julho de 2015, o desmatamento voltou a subir na Amazônia Legal, e o Brasil chegou a perder 5.831 km² de florestas.  O Amazonas está em primeiro lugar em relação ao desmatamento, sendo responsável por 54% do aumento de área desmatada, seguido de Rondônia (41%) e Mato Grosso (40%). No total, a área equivale a 753 mil campos de futebol.

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.