Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Derrubada de árvores na Ufam é alvo de investigação do MPF

Publicado

em

Manaus/AM - A derrubada de árvores que ocorreu durante obras para a expansão de um estacionamento no campus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) será alvo de investigação do Ministério Público Federal no Amazonas, após denúncia realizada no último dia 15, relatando irregularidades no ato e pedindo a averiguação da legalidade das licenças ambientas emitidas pelo Estado para a obra.

O caso gerou revolta em estudantes e professores, levando manifestantes a pintar os tocos de vermelho, em protesto contra o corte das árvores. Um vídeo de um bicho-preguiça andando com seu filhote no chão de terra da Ufam também circulou pela internet, publicado pelo professor do departamento de Artes Otoni Mesquita, apontando as consequências da derrubada da vegetação.

Após a polêmica, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) afirmou, na última sexta-feira, 16, que o corte de determinadas árvores no setor norte do campus da Ufam estava proibido. No mesmo dia, o instituto voltou atrás e corrigiu a informação em um novo comunicado, afirmando que a derrubada de determinadas árvores estava na verdade permitido. 

De acordo com o procurador da República Rafael Rocha, do  2º Ofício Civel da PR/AM, um ofício foi expedido à Ufam na segunda-feira, 19, cobrando informações da universidade, que deve responder dentro de 10 dias.  O processo tramita no Ministério Público Federal sob o número 1.13.000.001871/2015-21. 
 
PREGUIÇA SOBREVIVENTE

sobrevivente e desabrigada UMA PREGUIÇA E SEU FILHOTE LITERALMENTE ROLAM PELA TERRA CONQUISTADA E REVOLVIDA DO CAMPUS DA UFAM.

Posted by Otoni Moreira de Mesquita on Segunda, 19 de outubro de 2015

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.