Demolições na área residencial do João Bosco terminam

Por Portal do Holanda

28/11/2014 14h15 — em Amazonas

Com quase 200 demolições realizadas, a Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), completou a primeira fase do trabalho de reordenamento da área residencial do conjunto João Bosco, em Flores, na zona Centro-Sul, iniciada em setembro deste ano. As últimas ações ocorreram na quinta, 27, e sexta-feira, 28, de manhã, com o apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e Guarda Municipal.

Graças ao trabalho de orientação e conscientização, além do apoio da população, a maioria das demolições ocorreu de forma voluntária, totalizando 99. As demolições administrativas foram 96. Também foram aplicadas 16 notificações para comércios, que terão que sair da área ocupada, contando a partir de cinco dias.

“Finalizamos as adequações na área residencial do João Bosco, dos blocos 1 a 30. A segunda etapa incluirá a parte comercial, cujos proprietários já receberam as devidas notificações para fazer ajustes e demolições voluntárias”, explica a chefe da Divisão de Controle do  Implurb (Dicon), Maria Aparecida Froz.

Entre as demolições realizadas, a maioria foi de retirada de gradis, garagens, coberturas, muros, muretas e avanços construídos sobre o passeio público e espaços comuns do conjunto, que ao longo dos anos foram ocupados de forma irregular e sem controle.