Covid: Secretária do MS orientou médicos de Manaus a usarem cloroquina

Por Portal do Holanda

07/05/2021 19h10 — em Amazonas

Foto: Reprodução/MPF

Manaus/AM - Em depoimento ao Ministério Público Federal (MPF), a secretária da Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, afirmou que esteve em Manaus para orientar os médicos sobre o uso de cloroquina e hidroxicloroquina em 'doses seguras' no tratamento de pacientes com Covid-19. 

“A função das visitas era conversar com os colegas médicos, todos esses profissionais eram médicos, tentar orientá-los sobre o atendimento precoce na unidade, sobre todos os recursos que eles poderiam fazer para que a gente pudesse salvar mais vidas”, afirmou Mayra.

O MPF questionou o uso do medicamento que não tem comprovação científica e Mayra declarou que “A orientação do Ministério [da Saúde] desde maio de 2019, ele disponibilizou para os médicos brasileiros, para que de acordo com autonomia que foi dada a eles pelo Conselho Federal de Medicina, e a sua autonomia de prescrever e autonomia do paciente de querer, que eles pudessem orientar medicamentos com doses seguras, como a cloroquina, hidroxicloroquina azitromicina, que naquela época só tinha um comprovação in vitro e que hoje tem mais de 250 referências mostrando o potencial efeito dessas medicações, com estudos já ema elevada fase de evidência de que eles podem diminuir os internamentos e os óbitos”.

A ação do MPF apura a atuação ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o secretário estadual de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, no enfrentamento da pandemia da Covid-19.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas