Contas do prefeito Arthur Neto serão apreciadas pelo TCE no dia 23

Por Portal do Holanda

15/09/2020 12h38 — em Amazonas

Julgamento da prestação de contas de Arthur Neto tem transmissão pela internet - Foto: Alex Pazuello/Semcom

Manaus/AM - O pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) apreciará, no próximo dia 23 (quarta-feira), às 10h, as contas do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, referente ao exercício de 2019. O julgamento acontecerá virtualmente com transmissão das redes sociais da corte de contas e contará com a interpretação simultânea em Libras.

Com quase cinco mil páginas, o processo das contas do terceiro ano de gestão do prefeito tem relatoria do conselheiro Josué Filho e parecer ministerial do procurador-geral de Contas João Barroso. 
A sessão especial terá composição de mesa, conforme solicitação do relator e anuência do conselheiro-presidente do TCE, Mario de Mello, e serão convidados, entre outros, o próprio prefeito de Manaus, Arthur Neto.

Orçamento

As contas de 2019 da Prefeitura de Manaus, cujo orçamento executado foi de, aproximadamente, R$ 6,1 bilhões (distribuído em mais de 50 unidades gestoras do município) foram encaminhadas ao TCE-AM, por meio do sistema e-Contas, no dia 12 de março passado. As contas foram analisadas por técnicos do TCE, integrantes da Comissão das Contas do Prefeito, sob a coordenação do conselheiro Josué Filho.

O pleno do TCE-AM emitirá um parecer prévio (técnico e opinativo), que será encaminhado à Câmara Municipal de Manaus (CMM), que fará, posteriormente, o julgamento político das das mesmas contas.

Transmissão pelo Youtube poderá ser acompanhada https://youtu.be/-fW56HFMvjM. Já o link do Facebook é https://www.facebook.com/watch/TCEAM e no Instagram https://www.instagram.com/tceamazonas/live.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas