Ciocs Manaus registra 1,3 mil atendimentos na saúde

Por

07/07/2014 17h30 — em Amazonas

Em 28 dias, a Prefeitura de Manaus e o Governo do Estado, por meio do Centro Integrado de Operações Conjuntas da Saúde (Ciocs Manaus), registraram 1.394 atendimentos e ocorrências médicas. Os registros foram contabilizados até esta segunda-feira, 7, e o monitoramento está relacionado aos eventos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™, incluindo os quatro jogos na Arena da Amazônia.

As informações são compartilhadas com o Ministério da Saúde e integram as ações de vigilância e atenção à saúde. Nos hospitais públicos foram realizados 1.276 atendimentos e nas unidades privadas 118.

Do total de atendimentos, 916 foram clínicos. As principais causas foram cefaleia e mal-estar. Foram registrados 461 traumas. Os motivos mais frequentes foram quedas, agressões e acidentes de trânsito. Os locais com maior incidência foram o PMA Ponta Negra com 288 atendimentos; a Arena da Amazônia com 279 atendimentos; Hospital João Lúcio com 131; SPA Alvorada com 94; Hospital Platão Araújo com 79 atendimentos e Hospital Santa Júlia, 77.

O perfil dos usuários dos serviços de saúde foram espectadores e participantes dos eventos. Do total, 56,8% foram homens e 43,2% mulheres da faixa-etária de 20 a 39 anos, o que representa 59,2%. Cerca de 85,5% são brasileiros e desses 95,05% amazonenses. Entre os estrangeiros atendidos o destaque foi para os ingleses, com 31 atendimentos, seguidos por norte americanos, venezuelanos e colombianos. É importante ressaltar que aproximadamente 94,02% foram atendidos nos serviços públicos e apenas 5,9 % na rede particular, dentre os atendimentos 76,3% foram de queixas clínicas.

Segundo a coordenadora do Ciocs, Liane Souza, o indicador de destaque do monitoramento  foi a preferência pelos atendimentos nas unidades públicas, inclusive com estrangeiros, apesar do seguro saúde. “Mais de 90% dos atendimentos foram nos serviços do Sistema Único de Saúde e isso demonstra a acessibilidade aos serviços de saúde, com maior resolutividade do problema”, explica. 

Sobre o Ciocs

É o centro de comando que atua nos eventos de massa realizados em Manaus e reúne em uma única estrutura todos os órgãos ligados à saúde. O centro busca otimizar a comunicação entre os òrgãos e monitorar as unidades assistenciais do Estado e do Município em tempo real para garantir as ações de assistência e vigilância em saúde.

Manaus faz parte do grupo seleto de três sedes da Copa, incluindo Fortaleza e São Paulo, que participam do projeto piloto do Sistema De Vigilância Ativa do Ministério da Saúde.

A coleta nas unidades sentinelas encerra-se no dia 13 de julho, simultaneamente ao término da Copa do Mundo. As atividades de monitoramento do Ciocs Manaus seguem até o dia 15 de julho.