Casos de doença da urina preta chegam a 78 no Amazonas

Por Portal do Holanda

21/09/2021 21h58 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - A Secretaria de Estado do Amazonas (SES), por meio da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas atualiza, nesta terça-feira (21), o cenário de rabdomiólise no Amazonas. São 78 casos suspeitos da síndrome registrados, sendo 63 (81%) em investigação epidemiológica e 15 (19%) descartados. O cenário atual da síndrome está divulgado no primeiro boletim epidemiológico periódico da doença, disponível em https://bit.ly/2XJYaes. 

Dos nove novos casos em investigação epidemiológica, cinco são de Itacoatiara, três de Manaus e um de Itapiranga. Os pacientes de Manaus são dois homens (de 18 e 39 anos) e uma mulher (de 30 anos). Já os casos de Itacoatiara são três homens (28, 32 e 43 anos), e duas mulheres (46 e 33 anos). O paciente de Itapiranga é um homem (de 27 anos).

Dos 78 casos suspeitos da síndrome, dez pessoas seguem internadas, sendo nove de Itacoatiara e um de Itapiranga. Todos os pacientes estão estáveis.

O boletim de Situação Epidemiológica da Rabdomiólise no Amazonas aponta que os peixes mais consumidos e envolvidos nos casos de suspeita da síndrome investigados são: pacu (40%), tambaqui (37%) e pirapitinga (30%). Ainda conforme o boletim, 100% dos peixes consumidos são de vida livre, 85% são procedentes de rios e 9% de lagos.

 

Cenário - Dos casos compatíveis com o perfil de rabdomiólise, 15 estão distribuídos em cinco núcleos familiares. Os demais casos são isolados.

Os indivíduos do sexo masculino representaram 57% (36 de 63) dos casos compatíveis com o perfil da síndrome e os maiores de 40 anos foram os mais acometidos, totalizando 57% (36 de 63) dos casos, seguido da faixa etária entre 20 a 39 anos, com 25% (16 de 63) dos casos.

Dentre os 63 casos compatíveis, 60% dos casos ocorreram no município de Itacoatiara, 10% em Parintins, 10% em Manaus e 6% em Urucurituba.

Ainda do total de casos compatíveis, 41 (73%) casos ocorreram em agosto. O boletim destaca que Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus) foi o município que mais registrou casos e onde foi aplicada restrição de consumo de pescado no dia 1º de setembro, por meio de comunicado de risco da FVS-RCP.

Em Itacoatiara, houve redução de 69% dos casos, comparando-se a última semana (14/09 a 20/09) com a semana anterior à restrição (25/08 a 30/08). A redução foi observada após intervenção de restrição do consumo de pescado.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas