Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Campanha Salve o Sauim é destaque no XVI Congresso Brasileiro de Primatologia

Publicado

em

Evento traz profissionais, pesquisadores, estudantes das áreas de conhecimento e estudo dos primatas

Lançada no último mês, a campanha Salve o Sauim foi destaque nesta segunda-feira (9), na abertura do XVI Congresso Brasileiro de Primatologia, realizado pela Sociedade Brasileira de Primatologia, na Universidade Federal do Amazonas (UFAM). O biólogo e coordenador da campanha, Maurício Noronha, destacou que o avanço da urbanização nas áreas de florestas é uma das principais ameaças ao primata e é preciso discutir novos caminhos para reverter os processos atuais de degradação, pois isso garantirá não apenas a conservação do meio ambiente, mas também a qualidade de vida.

O congresso, que se estende até o dia 13, também contará com a divulgação do livro “Sauim de Coleira: A História de uma Espécie Ameaçada de Extinção”, escrito por Maurício e pela bióloga Dayse Campista. A obra desvenda os segredos e detalhes dos sauins desde o seu descobrimento pelo zoólogo bávaro Johann Baptist Ritter Von Spix até os dias atuais. Além disso, o público poderá conferir a exposição fotográfica “Sauim-de-coleira: 192 anos de história”, que mostra a relação do sauim com o homem ao longo do tempo e revela a realidade da espécie nos dias atuais. Ambos, livro e mostra, são patrocinados pelo Ministério Público Federal e Grupo Chibatão.



Com o tema “Conservação e Desenvolvimento: Desafios e Oportunidades para a Primatologia”, o evento debate o desenvolvimento compatível com a conservação dos recursos naturais. Dentre os desafios, pretende provocar uma reflexão sobre o impacto do desenvolvimento urbano nas populações de primatas e as oportunidades de pesquisa no país.

Palestras magnas, mesas-redondas e minicursos fazem parte da programação científica que abrangerá diversas áreas do conhecimento relacionados aos primatas, além de atividades específicas ligadas ao tema do Congresso.
A abertura do evento contou com a presença do primatologista norte-americano Russell Mittermeier, que apresentou a palestra ´Global Primate Conservation, with special reference to Brazil´. O vice-presidente executivo da Conservation International destacou que, além da destruição do habitat, a caça dos primatas para a alimentação e o comércio ilegal de animais selvagens também estão entre os fatores que contribuem para a extinção de espécies.

Mittermeier disse ainda que o Brasil é o país com a maior diversidade de primatas do mundo e citou a descoberta de novas espécies, entre elas, as do gênero Pithecia e Callicebus. “Esse é um grande passo para compreender a diversidade de primatas na Amazônia e no mundo, além de ser vital para a conservação delas”, apontou o especialista.




Campanha Salve o Sauim

O sauim-de-coleira, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, encontra-se em perigo de extinção. Uma campanha pretende arrecadar 100 mil assinaturas em uma petição pública on line que prevê a criação de novas Unidades de Conservação (UCs) para os sauins. A petição, disponível no site http://bit.ly/SalveoSauim, será entregue às autoridades estaduais e federais. Maurício Noronha explica que a espécie encontra-se insuficientemente protegida e criar as UCs é a única medida eficiente para evitar o desaparecimento da espécie. A campanha Salve o Sauim é uma iniciativa da Fauna e Flora Consultoria, em  parceria com o IBAMA, ICMBio, MPF, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Amazônica, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros, Plano de Ação Nacional para a Conservação do Sauim-de-coleira, Sociedade de  Zoológicos e Aquários do Brasil, Ministério Público Federal, Projeto Sauim-de-Coleira (UFAM), Primate Education Network e Durrel Wildlife Conservation Trust.

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.